— EVENTOS

Fórum Permanente: Amazônia em Transe: Estratégias, Impactos e Impasses para o Século 21

Fórum Permanente: Amazônia em Transe: Estratégias, Impactos e Impasses para o Século 21



O Fórum Permanente “Amazônia em Transe” se propõe a discutir impasses relacionados à intensificação da exploração econômica dos recursos naturais nas áreas amazônicas da América do Sul, as consequências e os impactos para suas populações e territórios, bem como propor novas articulações e alianças tendo em vista a discussão e defesa de um desenvolvimento econômico alicerçado em  sua diversidade socioambiental e sua integridade étnico-cultural-territorial. Faz-se necessário, portanto, discutir e propor novas estratégias — indo além das denúncias —, a fim de deter os impactos, dirimir os impasses e chegar a novos acordos. Os convidados dialogarão sobre os problemas atuais que afligem a Amazônia brasileira e sul-americana, além das experiências e as estratégias para enfrentá-los e superá-los no século 21.



Evento

Fórum Permanente: Amazônia em Transe: Estratégias, Impactos e Impasses para o Século 21

Detalhes do evento

Período do evento: 21/10/2020 a 22/10/2020

Período de inscrição: 25/08/2020 a 21/10/2020

 

Local: On-line: www.foruns.unicamp.br

(acessar o link na data do evento)

Evento: GRATUITO

Unidade/Orgão envolvido: Centro de Estudos de Desenvolvimento Econômico (CEDE)/ Instituto de Economia- UNICAMP

Fórum Permanente: Amazônia em Transe: Estratégias, Impactos e Impasses para o Século 21

Organizadores: 

Prof. Dr. Humberto Miranda do Nascimento (CEDE-IE/UNICAMP)

Alessandra Cardoso – doutora em Desenvolvimento Econômico pelo IE/UNICAMP e Assessora do INESC (Brasília-DF).

Beatriz Marchi, aluna da graduação do Instituto de Economia/UNICAMP.

Cleyson Silva, aluno do mestrado em Desenvolvimento Econômico pelo IE/UNICAMP

Elen Pessôa, professora da UFOPA e doutoranda em Desenvolvimento Econômico no IE/UNICAMP.

Reilene Veloso, aluna do doutorado em Desenvolvimento Econômico pelo IE/UNICAMP.

Thais Virga, doutora em Desenvolvimento Econômico pelo IE/UNICAMP e Pós-doutoranda do Departamento de Geografia da USP.

PROGRAMAÇÃO:

21/10 (quarta-feira) 14 h - Abertura

14h30 às 15h30 - CONFERÊNCIA: FRONTEIRAS DO NEOEXTRATIVISMO NA AMÉRICA LATINA

Maristella Svampa (Escuela de Altos Estudios en Ciencias Sociales - EHESS)

15h30- Apresentação de vídeo sobre os povos da Amazônia 

16h20- Sala on-line com participação de Instituições Parceiras

17h30- Encerramento

22/10 (quinta-feira)

9h-17h30min

MESA 1 - AMAZÔNIA SUL-AMERICANA: GEOPOLÍTICA, INFRAESTRUTURA E MINERAÇÃO

9h- Wanderley Messias da Costa (Universidade de São Paulo - USP)

10h- Thais Virga (Instituto de Economia- IE/UNICAMP) e Alessandra Cardoso (Instituto de Economia- IE/UNICAMP)

10h50- Sala Online com participação do Público e Instituições Parceiras

12h- Encerramento

MESA 2 - PENSAR CRITICAMENTE A AMAZÔNIA BRASILEIRA: RELAÇÕES DE PODER, LUTA PELA TERRA E DIREITOS TERRITORIAIS

14h- Edna Castro ( Núcleo de Altos Estudos Amazônicos-UFPA e Universidade Federal do Pará-NAEA)

15h- Fernando Michelotti (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará - UNIFESSPA) e Sara Pereira (Educadora do Programa FASE-Amazônia)

15h50- Sala Online

16h45 - Encerramento - Auricélia Arapiun (Líderança Indígena, Coordenadora do CITA - Conselho Indígena Tapajós Arapiuns.)

CURRICULUM VITAE - Palestrantes e Convidados:

Maristella Svampa

Doctora en Sociología por la Escuela de Altos Estudios en Ciencias Sociales (EHESS) de París, investigadora Superior del Conicet, Profesora Titular de la Universidad Nacional de La Plata e coordinadora del Grupo de Estudios Críticos e interdisciplinarios sobre la Problemática Energética. Autora do livro: “As fronteiras do neoextrativismo na América Latina: conflitos socioambientais, giro ecoterritorial e novas dependências”, em 2019, pela Elefante Editora.

Wanderley Messias da Costa

Professor Titular do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), especialista em Geografia Política, Relações Internacionais, Meio Ambiente e Amazônia. Atualmente é Vice-Presidente da ABED - Associação Brasileira de Estudos de Defesa. Livro: “Geografia e Geopolítica da América do Sul: integrações e conflitos”, Wanderley M. da Costa e Daniel B. Vasconcelos (Orgs.), FFLCH/USP, 2019.

Edna Castro

Professora Titular da Universidade Federal do Pará, atuando no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos/NAEA/UFPA, foi professora visitante em diversas universidades brasileiras e internacionais, diretora do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos - NAEA/UFPA, presidente da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional/ANPUR (2007-2009) e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Último livro lançado: “Pensamento Crítico Latino-americano”, em 2019, pela Annablume.

Auricélia Arapiun

Liderança Indígena, estudante de direito na UFOPA- Universidade Federal do Oeste do Pará e Coordenadora do CITA – Conselho Indígena Tapajós Arapiuns, representando cerca de 7 mil indígenas pertencentes a 13 diferentes povos, a maior parte residindo em 64 aldeias espalhadas pelas margens dos rios Arapinus, Tapajós e Maró, pelo Planalto Santanero e pela região de Alter do Chão, e outra parte que vive na sede dos municípios de Aveiro, Belterra e Santarém, região do Baixo rio Tapajós, no Oeste do estado do Pará.