— EVENTOS

Fórum Permanente: Cidades criativas

Um novo horizonte para o desenvolvimento humano?



Números recentes têm demonstrado o peso e a relevância que a cultura pode ter como elemento de desenvolvimento de comunidades e lugares. Desde a década de 1990 diversas experiências ao redor do mundo têm buscado formas de explorar este potencial. Nos últimos anos, não foram poucas as secretarias de cultura brasileiras que incluíram o termo “Economia Criativa” em seus programas e ações. Entender de que forma cultura, sociedade e economia se relacionam é essencial para o aprimoramento do debate e para a criação de políticas públicas que efetivamente sejam inclusivas, emancipatórias e que promovam o desenvolvimento das cidades. A discussão atualmente se dá em diversos campos de atuação, demandando novas e mais integradas formas de ação. De um lado, está a ideia da “salvação” através da cultura, com índices e dados demonstrando o quanto as ações culturais são economicamente viáveis e vantajosas. Nesse campo, a chamada “classe criativa” não só estaria imune aos desafios colocados pelos processos de automação tecnológica do mundo do trabalho como também conduziria as sociedades neste vale de sombras e desesperança para um horizonte colorido e diverso, promovendo a individualidade e a singularidade de cada localidade frente à globalização. De outro lado, a apropriação da cultura pelos agentes do capitalismo potencializa a segregação e exclusão dos grupos sociais, apropriando-se da esfera pública para acumular mais riquezas e gerar mais desigualdade nas cidades. Nessa visão a cultura é subjugada e transformada em instrumento do capitalismo global, atuando de maneira contrária aos interesses da maioria da população, que serve como combustível para uma máquina perversa de acumulação de riquezas e injustiças sociais. Uma enorme área cinza entre esses dois extremos guarda diversas teorias que se entrelaçam e buscam alternativas para trabalhar de maneira efetiva os conceitos de uma Cidade Criativa. Este evento busca jogar luz sobre as vantagens e desvantagens de ter a cultura como eixo de desenvolvimento das cidades frente aos desafios propostos pelo século 21.



Evento

Fórum Permanente: Cidades criativas: um novo horizonte para o desenvolvimento humano?

Detalhes do evento

Período do evento: 14/04/2021 a 15/04/2021

Período de inscrição: 12/02/2021 a 14/04/2021

Local: On-line: www.foruns.unicamp.br

(acessar o link na data do evento)

Evento: GRATUITO

Unidade/Órgãos envolvidos: Laboratório de Investigações Urbanas (LABINUR) - Departamento de Arquitetura e Construção - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo.

Organizadores: Prof.Dr. Sidney Piochi Bernardini, Prof.Dr. Lauro Luiz Francisco Filho, Profa. Dra. Ana Maria Girotti Sperandio e Ms. Daniel Motta.

PROGRAMAÇÃO

14/04 (quarta-feira)

14h - Abertura

14h15 - Mesa 1 - Economia e cidades criativas no mundo e no Brasil

Ana Carla Fonseca Reis - Professora e Coordenadora de cursos de pós-graduação em economia da cultura, economia criativa e cidades na Fundação Getulio Vargas/SP, na Universidade Candido Mendes/RJ e na Universidad Nacional de Córdoba (Argentina) e professora da Universidad Rey Juan Carlos (Espanha) e de centros de conhecimento, como a Casa do Saber e o Cultura e Mercado.

15h -A Firjan e o Levantamento da Economia Criativa no Brasil

Julia Zardo - Doutora em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento pelo Instituto de Economia da UFRJ; Mestre em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação Social da UFRJ; Jornalista pelo Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Gerente de Ambientes de Inovação da Firjan. Professora de disciplinas de empreendedorismo, desenvolvimento local, inovação e economia criativa na graduação da PUC-Rio e em diversos programas de Pós-graduação. Foi gerente do Instituto Gênesis da PUC-Rio por 18 anos, onde desenvolveu e coordenou, entre diversos projetos, o Rio Criativo - Incubadoras de Empreendimentos da Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro. Colunista da Veja Rio sobre inovação e sociedade.

15h40 - A Economia Criativa Brasileira

Claudia Leitão - Professora do Mestrado Profissional em Gestão de Negócios Turísticos da Universidade Estadual do Ceará, onde participa do Grupo Unificado de Pesquisa sobre Estudos Turísticos e de Hospitalidade.

16h20 - Debate

Moderador: Prof.Dr. Sidney Piochi Bernardini - Professor e pesquisador no Departamento de Arquitetura e Construção da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Construção da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP.

15/04 (quinta-feira)

14h -Mesa 2 - Cidades criativas e movimentos de insurgência

A insurgência e as Cidades Criativas

Claudia Seldin - Pesquisadora e professora visitante júnior no Center for Metropolitan Studies da Tecnhische Universitat Berlin, onde possui uma fellowship da Alexander von Humboldt Stftung em convênio com a CAPES.

14h40 - O Estado em rede

Luciana Lima Guilherme - Professora de graduação e pós-graduação da Escola Superior de Propaganda e Markenting (ESPM/RJ). Professora visitante do MBA em Bens Culturais: Cultura, Economia e Gestão da Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ).

15h20 - Participação popular e as Cidades Criativas

Mariana de Azevedo Barreto Fix - Professora e pesquisadora no Departamento de História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo da Faculdade de Arquitetura e do Urbanismo da Universidade de São Paulo. Foi professora no Instituto de Economia da UNICAMP.

16h - Debate

Moderador: Prof. Dr. Lauro Luiz Francisco Filho - professor e pesquisador no Departamento de Arquitetura e Construção da Faculdade de Engenharia Civuil, Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP.

17h - Encerramento.