— EVENTOS

"Violência, Justiça Criminal e Segurança Pública: desafios políticos"

"Violência, Justiça Criminal e Segurança Pública: desafios políticos"



O objetivo do fórum VIOLÊNCIA, JUSTIÇA CRIMINAL E SEGURANÇA PÚBLICA: DESAFIOS POLÍTICOS é debater as políticas públicas de segurança e justiça criminal em face dos desafios de lidar com a conflituosidade violenta, o controle social do crime e as perspectivas de uma sociedade mais justa, igualitária e democrática, condizentes com os direitos humanos. Pretende-se construir um panorama das principais políticas de segurança pública e justiça criminal no Brasil, seus desafios e críticas, e apontar caminhos e soluções para a superação das dificuldades históricas e conjunturais que o Brasil enfrenta nessa dimensão. 
O fórum VIOLÊNCIA, JUSTIÇA CRIMINAL E SEGURANÇA PÚBLICA: DESAFIOS POLÍTICOS foi idealizado em uma parceria do Laboratório de Estudos sobre Política e Criminologia da Unicamp (PolCrim), pelo Grupo de Estudos sobre Violência e Administração de Conflitos da Universidade Federal de São Carlos (GEVAC/UFSCar) e pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM).


Fazer inscrição
Evento

Violência, Justiça Criminal e Segurança Pública: desafios políticos

Detalhes do evento

Data do evento: 28/09/2018

Período de inscrição: 31/08/2018 a 27/09/2018

Vagas: 840

Local: Centro de Convenções da UNICAMP

Evento: GRATUITO

PROGRAMAÇÃO

8h30 – Credenciamento

9h – Abertura

9h20Conferência de abertura: “Disputas sobre a política de segurança pública no Brasil: policiais, políticos,  juristas e cidadãos”

Fiona Macaulay (Senior Lecturer in Development Studies, Department of Peace Studies and International Developmente, University of Bradford, Reino Unido)

10h20 – Coffee break

10h35Mesa de debates: Guerra às drogas e encarceramento em massa

Camila Nunes Dias (Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo, professora da Universidade Federal do ABC, pesquisadora colaboradora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo e associada ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública)

Liana de Paula (Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo, professora de sociologia do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e, atualmente, pesquisadora visitante no King’s Brazil Institute do King’s College London e no Instituto de Criminologia da Universidade de Cambrigde; líder do Grupo de Pesquisa sobre Cidadania, Violência e Administração da Justiça - CiVAJ/Unifesp, pesquisadora Grupo de Pesquisa sobre Governo, Ética e Subjetividade - GES e do Grupo de Pesquisa sobre Violência e Administração de Conflitos - Gevac/UFSCar, que integra o INCT Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos)

Comentários: Luciana Zaffalon (Doutora em Administração Pública pela Fundação Getulio Vargas. Supervisora Geral do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. Integra a Secretaria Executiva da Plataforma Brasileira de Política de Drogas e o Grupo de Estudos e Trabalhos – Mulheres Encarceradas. Pesquisadora do Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getulio Vargas)

12h – Almoço

14hMesa de debates: Políticas punitivistas e independência judicial

Isadora Brandão (defensora pública, coordenadora do Núcleo Especializado em Diversidade e Igualdade Racial da Defensoria Pública do Estado de São Paulo 

Cristiano Maronna (Advogado, Doutor em Direito Penal pela Universidade de São Paulo, Presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e Secretário Executivo da Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas)

Comentários: Frederico de Almeida (Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. Professor Doutor do Departamento de Ciência Política e do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas. Pesquisador do Centro de Estudos Internacionais e de Política Contemporânea da UNICAMP e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Estudos sobre os Estados Unidos)

15h25 – Coffee Break

15h35Mesa de debates: Militarização da segurança pública e direitos humanos

Jacqueline Muniz (Professora adjunta do Departamento de Segurança Pública da Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense, membro do Grupo de Estudos Estratégicos da COPPE/UFRJ, sócia fundadora da Rede de Policiais e Sociedade Civil da América Latina e integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Exerceu as funções de diretora do Departamento de Pesquisa, Análise da Informação e Desenvolvimento de Pessoal em Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça; Coordenadora Setorial de Segurança Pública, Justiça e Direitos Humanos e Diretora da Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado do Rio de Janeiro)

Rodrigo Ghiringheli de Azevedo (Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, atuando nos Programas de Pós-Graduação em Ciências Criminais e em Ciências Sociais; líder do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas de Segurança e Administração da Justiça Penal (GPESC), membro do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, e coordenador do Grupo de Trabalho Violência e Sociedade da Sociedade Brasileira de Sociologia. É pesquisador associado e membro do Comitê Gestor do Instituto Nacional de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos)

Comentários: Jacqueline Sinhoretto (Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Professora Adjunta do Departamento de Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Líder do Grupo de Estudos sobre Violência e Administração de Conflitos da UFSCar. Pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos.)

 

Fazer inscrição